Aline Grisa

É co-fundadora do Centro de Pesquisa da Máscara, mestre em Teatro pelo Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas da UFRGS (2009) e graduada em Educação Artística Habilitação em Artes Cênicas pela mesma instituição (2004).

Como atriz, já atuou em mais de quinze peças profissionais, entre elas: Hilda Hilst in Claustro (Depósito de Teatro – RS), que lhe rendeu o Troféu Açorianos de Melhor Atriz Coadjuvante (2004). Foi também integrante do grupo gaúcho Teatro Sarcáustico atuando nos espetáculos: IntenCidade 1ª.VOAR (2009) e Gordos ou somewhere beyond the sea (2008). A partir de 2010, começou a desenvolver sua pesquisa em máscara com o CPM, idealizando o Treinamento Técnico da Máscara e assumindo o trabalho de produção e projeção da Cia. Paralelamente realizou temporada com o espetáculo infantil: “Pinóquio e a Linda Menina” da Cia. Relicário (2011) e realizou a peça “DoLar- um experimento cênico”, com direção de Luisa Helene (2012), além de leituras dramáticas para Cia. Triptal entre 2011 – 2012.

Teve aulas com Juliana Carneiro e Eve Doe Bruce (Théâtre du Soleil),  Fabianna Mello de Souza (Cia dos Bondrés), Grupo Moitará (RJ), Jesser de Souza, Ana Cristina Colla e Cynthia Margareth (LUME  Campinas  SP), Tiche Viana (SP) ,  Ivaldo Bertazzo (SP) , Cibele Forjaz (SP), Luah Guimaraens (SP), Marcia Abujamra (SP), Patrícia Fagundes (SP), Fernanda Maia (SP), Pia Fraus (SP) e com o grupo italiano Tascabile de Bergamo, entre outros.

Atualmente é atriz do espetáculo de máscaras expressivas ALVORADA do Centro de Pesquisa da Máscara (2016) e responsável pela programação do espaço da Cia. Desde 2013, tem sua própria produtora denominada BUFA PRODUÇÕES e realiza produções também para reconhecidas Cias. de Dança de São Paulo.