Larvatum Homines

“Larvatum Homines” – “homens mascarados” em latim – é uma palestra-espetáculo na qual os atores contam a história da máscara no ocidente quer propondo cenas, quer propondo exercícios nos quais o público participa ativamente.

Apresentam reflexões antropológicas e etnológicas para chegar à uma demonstração técnica que evidencia as características funcionais das máscaras neutra, larvárias e expressivas. O processo, as técnicas de criação, a confecção da máscara de couro e o debate acerca das origens do teatro dos cômicos italianos, são temas também abordados. Por fim, a commedia dell’arte e seus tipos: Arlecchino, Pantalone, Dottore e Capitano ganham vida através de um grande mapeamento da Itália Renascentista e do mundo à deriva do capitalismo do século XVI.

“Larvatum Homines” foi criado a partir de uma rotina de trabalho do Centro de Pesquisa da Máscara que vem sendo desenvolvida desde 2010 por meio de estudos interdisciplinares que vão desde a escultura da máscara até análise do movimento, passando, claro, pela reflexão teórica sobretudo ao que diz respeito a formação do profissionalismo teatral moderno.

Por meio dessa revisitação histórica “Larvatum Homines” traz à tona uma série de questões do fazer teatral nos dias de hoje: a construção da figura do artista, a ética e seus desdobramentos na profissão do ator, as técnicas como instrumentação criativa e a função comunicativa da arte contemporânea, são alguns dos temas levantados.

Ficha Técnica
Idealização, atuação e roteiro

Fundador e diretor artístico e pedagógico do Centro de Pesquisa da Máscara, aprofundou seus estudos com Donato Sartori, Fabio Mangolini, Antonio Fava, Ana Vasquez de Castro, dentre outro. Ministrou cursos em diversas instituições de ensino no Brasil e no exterior. Criou e esculpiu máscara em couro e outros materiais para companhias, atores e escolas de teatro do Brasil, Itália, Japão, Estados Unidos e Alemanha. É ator, cenógrafo e escultor de máscaras dos espetáculos Alvorada e Larvatum Homines.

Idealização, atuação e roteiro

Integrante do Centro de Pesquisa da Máscara desde seu surgimento participou como ator criador dos espetáculos Alvorada e Larvatum Homines. A partir de 2011 especializa-se na máscara dos Zanni. Desenvolve atividades de formação, sobretudo em commedia dell’arte, tendo coordenado treinamentos e curso juntamente com Fernando Martins.