Alvorada

2014 - Direção: Luciana Viacava

Inspirado em letras de amor da música popular brasileira, Alvorada utiliza-se da linguagem das máscaras expressivas para contar uma linda história sem a utilização de palavras

O espetáculo Alvorada retrata as relações humanas através de um relato íntimo e delicado da história de um casal (interpretados por Aline Grisa e Fernando Martins), em situações cotidianas, ao longo de uma vida. Partindo da linguagem das máscaras expressivas inteiras e sem a utilização da palavra, tem como inspiração dramatúrgica canções da música popular brasileira que revelam histórias de amor. O Centro de Pesquisa da Máscara busca neste trabalho aprofundar sua pesquisa de utilização da máscara em cena e sua intensa relação com os outros elementos: cenário, figurino e trilha sonora.

Calcado no jogo das personagens, o grupo criou um enredo que aponta para diversas facetas de um relacionamento amoroso. Os quadros apresentados seguem uma estrutura não linear e fazem alusão aos momentos vividos durante toda a relação. As formas abstratas que compõem o cenário são manipuladas pelos atores a partir de uma dinâmica que as transforma em novos objetos e cria diferentes ambientes.

Ficha Técnica
Direção

Aprofundou seus estudos na École Internationale de Thêatre Jacques Lecoq em Paris e na Kiklos Scuola em Padova/Itália. No Brasil, trabalhou oito anos com As Meninas do Conto e foi integrante da Fraternal Cia. De Arte e Malasartes. Atualmente, faz parte da Cia do Ó e Família Camparini. Atua como palhaça em hospitais de São Paulo e como professora na Escola dos Doutores da Alegria e SP Escola de Teatro, ministrando cursos de máscaras e aprimorando a sua pesquisa com Teatro Cômico e Gestual.

Cenografia, criação de máscaras, criação de luz e elenco

Fundador e diretor artístico e pedagógico do Centro de Pesquisa da Máscara, aprofundou seus estudos com Donato Sartori, Fabio Mangolini, Antonio Fava, Ana Vasquez de Castro, dentre outro. Ministrou cursos em diversas instituições de ensino no Brasil e no exterior. Criou e esculpiu máscara em couro e outros materiais para companhias, atores e escolas de teatro do Brasil, Itália, Japão, Estados Unidos e Alemanha. É ator, cenógrafo e escultor de máscaras dos espetáculos Alvorada e Larvatum Homines.

Elenco

[1980 – Esteio/RS]

É co-fundadora do Centro de Pesquisa da Máscara, mestre em Teatro pelo Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas da UFRGS (2009) e graduada em Educação Artística Habilitação em Artes Cênicas pela mesma instituição (2004). A partir de 2010, começou a desenvolver sua pesquisa em máscara com o CPM, idealizando o Treinamento Técnico da Máscara e assumindo o trabalho de produção e projeção da Cia. Atualmente é atriz do espetáculo de máscaras expressivas ALVORADA (2016) e responsável pela programação do espaço da Cia.

Elenco

Diretor, ator, dramaturgo e professor de teatro formado pelo Departamento de Arte Dramática da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Integra o Centro de Pesquisa da Máscara desde 2016, onde atua no espetáculo “Alvorada”.

Iluminação

É colaborador do Centro de Pesquisa da Máscara assumindo a iluminação do espetáculo de máscaras expressivas “Alvorada” e ministrando aulas para as crianças dentro das Oficinas de Iniciação Teatral.

Trilha sonora
Operação de som

Com foco na máscara do palhaço, fez diversos cursos com Esio Magalhães, Bete Dorgam, Dagoberto Feliz, entre outros. Como Atriz trabalhou no Grupo Folias D’Arte participando das peças “Folias Galileu” e “Folias D’arc” com direção de Dagoberto Feliz. Como professora, ministrada aulas para crianças na Cia do Nó em Santo André e no Centro de Pesquisa da Máscara em São Paulo.

Produção