Desverbalizar

Desverbalizar

“Desverbalizar” é um método desenvolvido por Paul Zanon com base em 03 pilares de aprendizado: Palhaço, Mímica e Musicalidade. Pensado para artistas e não-artistas, o curso aborda o trabalho corporal a partir da espontaneidade do palhaço.

De 11 de março à 25 de novembro de 2019

Horário: Segundas, das 19h às 22h

Onde: Centro de Pesquisa da Máscara

Endereço: Rua Bamboré 518, bairro Ipiranga, São Paulo –  SP

Investimento: 8 x de R$ R$ 270,00. O pagamento da primeira mensalidade por depósito bancário ou transferência é o que garante a sua vaga.

20 Vagas

Inscrições Abertas!

INSCREVA-SE
Carga Horária

100

Professor

Paul Zanon

Público Alvo

Curso voltado para artistas e não-artistas

Objetivos

Muitas vezes nossa atitude corporal não condiz com nossas palavras. Postura, peso, direcionamento, posição dos membros, manias de expressão facial, movimentos repetitivos, são todos fatores essenciais na forma com que nos comunicamos. Tendo isso em vista, este curso objetiva possibilitar aos participantes o reconhecimento da capacidade expressiva do corpo, entendendo que as palavras vem para potencializar os sentimentos e intenções que já estão impressos na atitude corporal, seja no palco ou no dia a dia.

Durante a oficina, as técnicas de Mímica e Musicalidade são usadas para que cada aluno descubra sua capacidade natural e eduque o próprio corpo de forma precisa, de acordo com a intenção que quer passar ao espectador, com foco na comicidade. Serão abordados também diversos jogos e brincadeiras como quedas cômicas (cascatas), tapas falsos (claques), esquetes do circo tradicional, jogos de cumplicidade, percepção e improviso.

A oficina tem como foco resgatar a expressão e a comédia física e introduzir os participantes aos conceitos da palhaçaria como uma linguagem artística que abraça o risco, o aumento da zona de conforto e a criatividade em todos os aspectos da vida.

Programa

O curso se desenvolverá por meio de exercícios que exploram a desinibição, o improviso e a comicidade em conjunto com treinamento de segmentação e movimentação corporal, ritmo, métrica, sincronia, níveis de tensão, expressões faciais e demais matérias.

Para integrar de maneira uniforme as linguagens do Palhaço, da Mímica e Musicalidade e ao mesmo tempo proporcionar um ambiente de confiança e leveza, a oficina desenvolve-se nas seguintes etapas:

I – Entrosamento

II – Técnica

III – Criatividade

Na primeira etapa, os participantes poderão interagir entre si e com o espaço por meio de jogos que usam técnicas de percepção musical e coordenação motora. A partir desses jogos, na segunda etapa já é possível evoluir para as técnicas específicas da Mímica e efeitos de tempo cômico, mas sem abandonar as dinâmicas de ritmo e percepção musical, para que, dessa forma, as técnicas de movimentação corporal não sejam absorvidas de uma forma engessada e sim orgânica, respeitando a individualidade dos corpos.

A terceira etapa promove a liberdade de criação. A partir das técnicas aprendidas, os participantes poderão desenvolver suas próprias cenas, em duplas ou grupos, e terão a oportunidade de participar de uma apresentação, uma experiência que trabalha a disciplina, responsabilidade, confiança e proporciona uma conexão potente entre os colegas em cena e os espectadores.

Investimento

8 mensalidades de R$ 300,00 (depósito bancário ou transferência) ou

para inscrições até 08/03 (10% de desconto) 8 mensalidades de R$ 270,00.

OBS. Sua vaga só estará garantida mediante o pagamento da primeira mensalidade através de transferência bancária ou presencialmente na sede do Centro de Pesquisa da Máscara.

Instruções para transferência: depois de preencher o formulário de inscrição você automaticamente receberá os dados para depósito.

Contato

Rua Bamboré, 518 – Bairro Ipiranga

CEP: 04278-060 – São Paulo SP – Brasil

contato@centrodepesquisadamascara.com

Tel/Fax: +55 11 23687906

Currículo de Paul Zanon

Mímico, palhaço, músico e bonequeiro, iniciou suas pesquisas cênicas como palhaço, tendo como mestres Leris Colombaioni (Itália), Gabi Argento (Cirque Du Soleil), Mario Escobar (Chile) e Victor Ávalos (Payaso Tomate – Argentina) entre outros.

Se especializou em Mímica e Teatro Físico com Daniel Berbedes (Argentina), Denise Namura (França), Desmond Jones (Inglaterra), Eduardo Coutinho, Fernando Vieira, Gabriel Guimardi, Luis Louis, Mauro Zanata e Miquéias Paz.

Conheceu a manipulação e confecção de bonecos e objetos por meio de Eduardo Alves e Rubinho Louzada (integrantes do “Cocóricó” e demais programas de TV). Cursou também Bonecos de Fio com o espanhol Jordi Bertran.

Em 2011 fundou a Polerito_arts, pela qual confecciona diferentes tipos de bonecos, máscaras e objetos cênicos para teatro. Participou como manipulador de bonecos de programas infantis, comerciais, além de ter trabalhado com os grupos Pia Fraus, Cia BuZum! e atualmente com a Cia Bonecos Urbanos.

É criador da metodologia “Desverbalizar” que soma as linguagens da música, mímica e palhaço para ampliação corporal performática, a aplica em cursos, preparação corporal e direção artística para grupos ou artistas solo.